11 pequenas coisas que a fazem ser encantadora

Criei uma lista “surpresa” – não foi tão surpresa assim, já que ela precisou  revisar o texto hahaha -, de 11 coisas que me encantaram e encantam nessa minha gata! 🙂

  1. Nos conhecemos há um bom tempo. Uns 8, 9 anos. Mas nos reencontramos em uma das manifestações de junho de 2013. Estávamos andando na Avenida Brigadeiro Luiz Antônio, nos deparamos com um casal de senhorzinhos na janela balançando bandeirinhas do Brasil e a Bruna começou a chorar. Falei: “Oooun que bonitinha”. Hoje em dia eu tiro sarro dela chamando ela de chorona, mas confesso que achei muito fofa.
  2. Ela que me chamou para sair!
  3. Primeira vez que saímos juntos foi para uma balada (http://wp.me/p52oPG-3U), ela com as amigas e eu com os meus. Fiz aquele meio de campo, bailei um pouco, fiz aquela sedução, saca? Até hoje ela diz que tudo aquilo não passava de LERDEZA – fato que comprovava que tudo estava sobre meu comando. Quando nos beijamos, juro, não sentia meus pés, parecia voar e eu só tinha bebido uma pinga com mel e limão, hein? Beijada boooooa.
    Foto: ExperiMenteSP
    Foto: ExperiMenteSP


  4. Para o primeiro encontro a sós, estávamos conversando e decidindo onde iríamos. Sugeri cinema, ela virou na minha cara e disse: “Cinema é coisa de namoradinho!”. Respondi meio seco: “Já fui ao cinema até sozinho!” e pensei: “Menininha folgada… Gostei!”.
  5. No primeiro encontro a dois, fiz um teste para ver se ela realmente era maneira. Forcei uma situação em um assunto sobre cinema e disse: “Eu adoro o Brad Pitt” – que é verdade -, normalmente depois desse comentário eu ouviria: “Nossa! Que gay!”. Mas ela apenas continuou o assunto. S2
  6. Assistimos juntos meu primeiro filme de bang-bang (http://wp.me/p52oPG-ev). Tivemos que interromper no meio e sair para almoçar com amigos. Almoçamos meio correndo, inventamos uma desculpa esfarrapada para ir embora e voltar para terminar o filme.
  7. Conhecemos o Rio de Janeiro juntos.
  8. Conhecemos um pouco do Rio Grande do Sul juntos.
    Foto: ExperiMenteSP
  9. Queria pedi-la em namoro na praia Sununga, em Ubatuba (http://wp.me/p52oPG-6v), mas uma demônia chamada vergonha me impediu. Tempos depois ela, sem saber minhas intenções naquele dia, disse: “Na Sununga à noite, quando estávamos sentados na areia vendo o mar, queria dizer que te amava, mas tinha uns caras mijando bem na nossa frente, aí não tinha clima”. Isso tudo se chama sincronicidade. rsrsrs
  10. Eu pensei que ela fosse reclamar ao acampar pela primeira vez. Ao saber que ela nunca havia acampado, fiz questão de arrumar uma viagem para isso. O destino foi a Ilha Grande (http://wp.me/p52oPG-jz). Além de não reclamar, ela adorou.
  11. Ela pensa que eu sou a pessoa mais atraente do mundo. Porque para ela todas as garotas me olham e me desejam. hahaha

3 Comments

  1. Izabele Mancuso
    29/06/2015

    Own! <3

    Responder
    1. Bruna Yuri Ouchi
      30/06/2015

      Lindo, né Iza? *-*

      Responder
  2. Mariana Mancuso
    30/06/2015

    Muito legal, vim depois de ler o seu… Rsrs peguei a dica de acampar 😉
    E o nº 11 é o melhor! Parabéns pelos 2 anos. Bjo

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *