O angustiante e delicado filme “O Quarto de Jack”

Bom dia, abajur. Bom dia, planta. Bom dia, pia.

“O Quarto de Jack” conta a extraordinária história de Jack (Jacob Tremblay), um espirituoso menino de 5 anos que é cuidado por sua amada e devota mãe (Brie Larson). Como toda boa mãe, Ma se dedica em manter Jack feliz e seguro, cuidando dele com bondade e amor, e fazendo coisas típicas como brincar e contar histórias. Sua vida, entretanto, é tudo menos normal – eles estão presos – confinados em um espaço de 10 m² sem janelas, o qual Ma chamou eufemisticamente de “O Quarto de Jack”.

O que ele achou: Angustiante, tenso e sinistro. Ao lembrar de “O Quarto de Jack” vem na cabeça os piores sentimentos e tristeza. Colocando-se no lugar da mãe, da criança e imaginar como seria o mundo se tivéssemos vivido em um quarto de 10 metros quadrados, muita coisa passa na cabeça após ver o filme.

Para não dizer que não falei das flores, a criatividade, fé e o amor que a mãe tem para criar o filho é uma linda motivação que ajuda a esquecermos toda maldade existente na história. Atenção total para atuação do pequeno Jacob Tremblay, muito incrível o que essa criança foi capaz de fazer.

O que ela achou: Filme de uma delicadeza incrível para um assunto tão pesado e que já aconteceu com muitas mulheres nos Estados Unidos. “O Quarto de Jack” tem momentos de pura angustia e nos faz pensar em como uma pessoa consegue viver presa em um quarto por 7 anos e dar à luz a uma criança que chegou aos 5 anos dentro do quarto sem conhcer o mundo lá fora.

A atuação do ator mirim Jacob Tremblay é de transbordar os olhos por muitas vezes. E pensar em como é possível uma criança desse tamanho atuar dessa forma tão tocante. A atriz Brie Larson consegue transparecer o desgaste de viver por tanto tempo presa em um lugar tão minúsculo.

Assista ao trailer:

Lançamento: 18 de fevereiro de 2016
Duração: 1h58min
Dirigido por: Lenny Abrahamson
Atores principais: Brie Larson, Jacob Tremblay, Joan Allen
Gênero: Drama , Suspense
Nacionalidade: Canadá , Irlanda

1 Comment

  1. Valéria
    21/07/2016

    o filme “O iluminado” é fantástico!

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *