Um dia em Cabo Frio

Tivemos uma parada bem rápida por Cabo Frio durante a nossa viagem para a Região dos Lagos, no fim do ano passado (sim, estamos atrasados com o post! haha). Tanto é que nem passamos a noite na cidade, estávamos hospedados em Búzios e acordamos bem cedo para conhecer Cabo Frio antes de partir para Arraial do Cabo.

Veja como foi nosso dia por Cabo Frio e não se esqueça de se inscrever no nosso canal. <3 E quem quiser saber mais detalhes da viagem é só continuar lendo o post abaixo.

Passeio de Catamarã

Contratamos um passeio com a Guga Tour (R$ 40 reais por pessoa) para conhecermos um pouco de Cabo Frio. Para ter tranquilidade, reservamos o passeio com antecedência pela internet.

Chegamos em Cabo Frio bem cedinho e fomos direto para o Canal Itajuru, de onde sai o passeio de catamarã. Diferente da escuna de Búzios, o catamarã estava bastante cheio, mas até que foi tranquilo já que escolhemos ficar no andar de cima.

Logo de início, nos deparamos com a Ilha do Japonês –  lugar que criou uma imensa vontade  de voltar um dia -, a ausência de uma parada nos deixou um pouco chateados, principalmente a Bruna,  pois é a ilha é muito linda e como tem bastante bancos de areia a sensação de liberdade de andar por ela  deve ser bem grande.

Ilha do Japones, Cabo Frio – Rio de Janeiro – Foto: ExperimenteSP

O passeio em si foi um pouco pequeno. Fizemos uma parada na incrível Ilha dos Papagaios. Descemos do barco e nadamos  até a terra firme, levamos mais ou menos  5 minutos até chegar lá e no caminho observamos tudo ao redor e embaixo também já que a água é extremamente cristalina.

Bruna Mergulhando na Ilha dos Papagaios – Foto: ExperimenteSP

Gastronomia

Uma coisa que pecamos todas as vezes que viajamos é deixar de pesquisar muito bem lugares para almoçar/jantar. O que todo mundo indica é o Boulevard Canal, lá há diversos restaurantes com aqueles pratos gigantes para 300 pessoas (rs) com muitos frutos do mar.

Essa parte do dia foi um pouco desagradável, sofremos um pouco para achar um lugar para estacionar na região da Praia do Forte. Procuramos por hamburgueria aberta em Cabo Frio, e chegamos no Comilão Lanches e lá chegamos. Achamos um estacionamento onde a rua estava cheia de água de esgoto e com o trânsito bem bagunçado. Entendemos que era temporada, mas era MUITA gente para um lugar que tem tantas praias. Acho que a superlotação fica por conta dos inúmeros prédios da região, coisa que não existe em Arraial ou Búzios.

Mas o mal estar foi facilmente superado quando estávamos partindo para Arraial do Cabo e nos deparamos com dunas invadindo a estrada e então sem querer encontramos a Praia das Dunas. Sem pensar duas vezes, descemos do carro e fomos dar uma volta.

Praia das Dunas – Foto: ExperimenteSP

Não conseguimos indicar muita coisa de Cabo Frio, além de contratar um passeio e cair mar à dentro e a Praia das Dunas que era muito mais tranquila e tão bonita quanto a Praia do Forte. Se tiver a oportunidade, conheça a Ilha do Japonês por nós. hahaha

Dicas

Estrutura: Cabo Frio é a cidade mais estruturada da Região dos Lagos, é lá que você vai encontrar as agências de banco para tirar dinheiro, muitos estacionamentos, lojas, supermercados.

Trânsito: para quem vai de SP até à Região dos Lagos em época de temporada, tenha em mente que você poderá pegar um trânsito absurdo após a ponte Rio-Niterói. Nós pegamos desde São Gonçalo até Rio Bonito. Diversas vezes o Waze indicou para cortamos caminho pela direita, mas nem um carro sequer fazia isso, preferimos não arriscar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *