São Paulo do Alto: MAC USP de dia e à noite

No prédio em que ficava o Detran-SP, desde 2012 abriga o Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC USP). O complexo arquitetônico, assim como a construção do Copan, é mais um presente deixado por Oscar Niemayer nos anos 50.  O Museu possui um acervo de cerca de 10 mil obras, entre pinturas, gravuras, tridimensionais, fotografias, arte conceitual, objetos e instalações.

Klift Kloft Still, a porta se abriu: conheça a exposição do Castelo Rá-Tim-Bum

E mais uma vez São Paulo é presenteada com uma exposição sobre um assunto que nos faz viajar em nostalgia: o Castelo Rá-Tim-Bum. Além de ter um castelo de verdade construído no Memorial da América Latina, as novidades ficam por conta dos espaços novos, como o da Penélope em um telejornal que era apresentado por ela e o quarto de Nina, sua filha.

ExperiMente em SP: Museu do Futebol

O Museu do Futebol, localizado no Estádio Municipal Paulo Machado de Carvalho – mais conhecido como Pacaembu -, é parada obrigatória para os amantes de futebol, e para os nem tão amantes assim: vale a pena conferir. Composto por 18 etapas, cada sala mistura elementos históricos e emotivos.

A fachada do estádio já é bem bacana. Uma obra de 1940 localizada numa praça que leva o nome de Charles Miller, não tem como não ter um charme.

Foto: ExperiMenteSP
Foto: ExperiMenteSP

O acervo do museu é muito interessante, capaz de fazer qualquer marmanjo soltar suor hétero. rs O reencontro com o passado parece ser o foco da exposição: ver imagens holográficas de seus ídolos; ouvir narrações dos anos 40 até as mais atuais; ver pequenos documentários do seu narrador favorito falando do seu time do coração.

A sensação de entrar em um campo lotado por loucos, que não param de gritar e cantar, é uma das experiências que o museu oferece. É possível também medir a velocidade do seu chute em uma espécie de máquina de cobranças de pênaltis.

Foto: ExperiMenteSP
Foto: ExperiMenteSP

E quem disse que aprendemos poucas coisas em um museu sobre futebol? Se alguém disse, errou. A ligação que o futebol tinha com a cultura era muito grande, principalmente nas suas primeiras décadas.

Percebemos pelas fotos expostas – não só de partidas, mas do dia a dia das cidades, dos grandes centros, de festas e da vida boêmia daquela época – como esse esporte foi importante para pequenas revoluções, influenciar a classe operária e combater o racismo.

Agora é vestir o manto sagrado e embarcar nessa viagem ao tempo!

Museu do Futebol
Onde: Praça Charles Miller, s/n
Quando: De terça à domingo das 9h às 17h (com permanência até às 18h)
Quanto: R$6 (inteira) /R$3 (meia-entrada para estudantes, idosos e professores). Aos sábados o ingresso é gratuito para todos os visitantes.

ExperiMente em SP: Catavento Cultural e Educacional

Engenho - Foto: Bruno Mattos

Saber como foi a evolução da nossa espécie, como funciona o nosso corpo ou o que consiste o universo são curiosidades que permeiam as mentes de adultos e crianças. O Catavento Cultural e Educacional, localizado no Centro de São Paulo, é uma ótima opção de lazer que, além de garantir a diversão, oferece diversidade de conhecimentos, os quais podemos esmiuçar em diversas áreas; desde astronomia até nanotecnologia. Nós conferimos e podemos garantir: é muito divertido, inclusive para adultos.

Engenho – Foto: Bruno Mattos

O museu foi inaugurado em março de 2009, com a parceria das Secretarias Estaduais da Cultura e Educação, instalado em um dos edifícios históricos da cidade − o Palácio das Indústrias. Possui um espaço de oito mil metros quadrados, com 250 instalações divididas por seções: Universo, Vida, Engenho e Sociedade. São diversas áreas elaboradas nos mínimos detalhes com iluminações adequadas para cada ambiente, maquetes, sons, réplicas do tamanho real de animais extintos, entre outras atrações. Vá com roupas confortáveis, pois, além de andar bastante pelas instalações, há seções que são interativas, como a Engenho.

Engenho: Luz e Óptica - Foto: Bruna Yuri Ouchi
Engenho: Luz e Óptica – Foto: Bruna Yuri Ouchi

Em Julho deste ano foram inauguradas as Arcadas Subterrâneas – neste espaço nós não conseguimos ir, pois precisava de senha e, como chegamos tarde, já estavam esgotadas. Lá estão as seguintes instalações: Do Macaco ao Homem; Chegamos ao Mundo Moderno; Uma Viagem ao Fundo do Mar; Uma Aventura no Sistema Solar e a Sala Se Liga no Lego. Para cada atração das Arcadas Subterrâneas é necessária a retirada de uma senha, portanto chegue cedo.

Mês da Criança

No mês de outubro o Catavento elaborou uma série de atividades em comemoração ao dia das crianças. Segue programação:

De 3 a 31 de outubro – Em parceria com o Discovery Kids, o Catavento exibe, em primeira mão, o episódio O Amarelo Que Ficou Verde, da série O SHOW DA LUNA!, coprodução da TV PinGuim e o Discovery Kids, que tem como protagonista uma garotinha curiosa e alegre, que está sempre às voltas com perguntas sobre o mundo. 

Episódio: O Amarelo Que Ficou Verde – O SHOW DA LUNA!
Local: Auditório do Museu Catavento
Data: De 3 a 31 de outubro de 2014
Horário: Nos dias 11, 12, 18 e 19 de outubro: 10h, 10h30, 12h e 12h30
Nos demais dias: 10h, 10h30, 12h, 12h30, 14h, 14h30, 16h e 16h30,
Duração: 15 minutos

11 e 12 de outubro – final de semana do Dia da Criança
O Catavento receberá o trio de físicos do Ciência em Show com um espetáculo que promete transformar a ciência em um assunto empolgante e despertar o interesse do público pelo assunto.

Local: Auditório do Museu Catavento
Horário: às 14h e às 15h30

14 a 19 de outubro – Semana Nacional de Ciência e Tecnologia (SNCT – Catavento Cultural)
Integrando a programação da Semana, o Catavento receberá a 20ª Mostra Internacional Ver Ciência. Além de assistir aos filmes, um tema diferente para cada dia da semana, os visitantes farão uma visita guiada por seções do museu que aprofundam os temas vistos da mostra.

Dos dias 14 a 17 (terça a sexta), visitas agendadas para grupos, somente pelo site www.cataventocultural.org.br
Nos dias 18 e 19/10 (sábado e domingo) – os visitantes deverão retirar senhas na bilheteria.

Programação e horários:
Terça-feira (14/10) – Desenvolvimento Social e Sustentabilidade
11h00 – Testando o Carro Elétrico (25 minutos)
13h30 – Microgeração de Energia (25 minutos)
15h15 – Tecnologia Social (15 minutos)
Quarta-feira (15/10) – Saúde e Qualidade de Vida
11h00 – Bang, e lá se vai a teoria: Açúcar (30minutos)
13h30 – Estação Ecológica de Araruama (25 minutos)
15h15 – Saneamento, o básico inexistente (20 minutos)
Quinta-feira (16/10) – Tecnologia para Educação
11h00 – Máquinas podem pensar como nós? (15 minutos)
13h30 – Robô games, as olimpíadas de robôs (25 minutos)
15h15 – A ciência que eu faço: Internet, a nova biblioteca de Alexandria (6 minutos)
15h30 – Rede Nacional de Computadores (6 minutos)
Sexta-feira (17/10) – Ciência sem Fronteiras
11h00 – ESO, o maior observatório do Hemisfério Sul (25 minutos)
13h30 – Força do mar (15 minutos)
15h15 – Grafeno, uma aposta no futuro (25 minutos)
Sábado (18/10) – Tecnologia e Desenvolvimento Social – Parte 1
11h00 – O que nos torna humanos (50 minutos)
13h00 – Infestado! Vivendo com Parasitas (50 minutos)
Domingo (19/10) – Tecnologia e Desenvolvimento Social – Parte 2
11h – O mistério da Catedral (50 minutos)
13h – A fronteira final (50 minutos)

18 e 19 de outubro – Onça-pintada, mais perto do que se pode imaginar – apresentação interativa para fechar a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.
Quem não gosta de assistir a um belo filme de natureza? Mas saiba que essas grandes aventuras só chegam até nós depois de muito trabalho, muita chuva e picada de mosquito. Para conhecer um pouco mais dos bastidores desse universo, o Catavento programou uma conversa com Túlio Schargel, diretor e produtor de documentários de natureza.

Data: 18 e 19 de outubro (sábado e domingo)
Horário: 15h30
Local: Auditório do Museu Catavento
Aberto a todos.
Para certificado, necessário fazer inscrição pelo e-mail: cursos@cataventocultural.org.br

Catavento Cultural e Educacional

Local: Palácio das Indústrias – Praça Cívica Ulisses Guimarães, s/no Parque Dom Pedro II
Horários: terça a domingo, das 9h às 17h (bilheteria fecha às 16h)
Quanto: R$ 6 e meia-entrada para estudantes, idosos e portadores de deficiência. Entrada gratuita aos sábados.

Obs.: No dia 12 de outubro, crianças até 12 anos e adultos acompanhantes não pagarão ingresso.