Dia dos Namorados adiantado no Riviera Bar e Restaurante

Ai ai ai, a partir de hoje nosso coração sempre irá dar uma palpitadinha quando cruzarmos a Avenida Paulista com a Consolação, pois é lá que está localizado, desde 1949, o bar e restaurante Riviera e que comemoramos nosso Dia dos Namorados antecipadamente.

O lugar é icônico e acumula histórias como poucos lugares em SP acumulam, como: a criação da Rê Bordosa pelo Angeli; os fanzines ‘’Balão’’ eram distribuídos por Laerte, Angeli, Luiz Gê, Paulo e Chico Caruso; e quando Chico Buarque venceu o prêmio Record com ‘’A Banda’’ foi lá que aconteceu a comemoração, entre outras histórias bem interessantes.

São Paulo do Alto: Visita ao topo do Edifício Martinelli

Passear pela cidade de São Paulo faz parte das ações que tomamos em nossas vidas que dão a cara para esse blog. Acreditamos que devemos ser turistas da nossa própria cidade e conhecê-la de todos os ângulos possíveis. Quem já viu em posts anteriores sabe que estamos na etapa de conhecer São Paulo do alto. Essas ações, além de nos deixar felizes, mudaram nossas vidas e, ao mesmo tempo, sustentam o nosso blog.  

Mercearia do Chopp: um canto bacana para um happy hour

 No centro de um shoppingzinho de rua no Bom Retiro está a Mercearia do Chopp – ou da Cachaça, se preferir. rs Em nossa visita, o Sol estava de rachar, era um dia daqueles de muito calor. Ruim? Claro que não! A maior parte do restaurante fica em uma área externa e em cada mesa tem um guarda-sol, então já dá para imaginar que o lugar é ideal para um happy hour e tomar aquela cerveja geladona!

Casa Mathilde: seus doces e bonita história de 1850

Sabe quando sentimos vergonha de não conhecer algo muito tradicional na cidade em que moramos? Então, a Casa Mathilde é um desses exemplos. Conhecemos o lugar após indicação de uma amiga da Bruna. E depois de pesquisar, descobrimos a bacana história que o local carrega. Com início em 1850, em Portugal, a Casa Mathilde era uma fábrica de queijadas, o negócio era tão bom  que o rei da época emitiu uma espécie de diploma que dizia que ali se fazia a queijada preferida dele.

Conheça o Museu de Arte Sacra de São Paulo

Localizado no bairro da Luz, Centro de SP, o Museu de Arte Sacra de São Paulo abriga inúmeros objetos religiosos em seu acervo aberto ao público. O museu existe graças a  uma iniciativa do Governo do Estado e a Mitra Arquidiocesana. Parceria que teve o início no fim da década de 60 e início de 70 e ocupa uma parte do Mosteiro de Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Luz.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Com um acervo vasto, a maioria dos objetos são de séculos passados e de todo o País. Imagens, móveis, pinturas e joias estão espalhadas por toda a extensão em corredores e salas. Ao andar em seus corredores somos rodeados por espelhos, oratórios e imagens que remetem à paz, sofrimento e a reflexão.

Já nas salas, em uma delas nos sentimos em um casarão antigo;  em outra temos contato com uma construção de pau a pique e, por fim, a sala que mais impressiona é a das joias. Com ostensório e castiçais feitos de ouro, brilhantes e diamantes que foram usados por membros da igreja. Muito bonito e estranhamente luxuoso.

Muito além de crença e fé, o passeio é uma viagem a histórias e ao conhecimento. Compreendemos a  contribuição da igreja para a sociedade e o mais importante: colocamos nossas cabeças para funcionar e questionar.

O site do museu é bem bacana e conta com todo o acervo e fichas técnicas, mas não deixem de fazer o passeio pessoalmente. Museu faz bem para a alma 🙂

Museu da Arte Sacra de São Paulo
Site: http://www.museuartesacra.org.br/
Endereço: Avenida Tiradentes, 676 – Luz